Estilo e voz são um mix entre sua personalidade, inspirações, memórias e experiências.

office-620817_1920.jpg

É sempre importante nos diferenciarmos quando o assunto é comunicação. No meio de tanta informação se desenvolvermos um estilo único iremos nos destacar.

Estou sempre pesquisando novas referências e estilos para que eu possa continuar me desenvolvendo como produtora de conteúdo digital e encontrei ótimas dicas da Jessica Walsh que é uma designer e diretora de arte que eu admiro e tenho me inspirado muito.

Para nos comunicarmos de forma exclusiva escrevendo e desenhando, encontrar seu próprio estilo leva tempo. Eu estou caminhando e acredito que tenho ainda um longo processo pela frente.

Leio e sigo escritores, designers que eu admiro, quero entender melhor sua biografia e percebi que muitos levam décadas até encontrar sua própria voz.

Compartilho aqui as dicas que a Jessica Walsh escreveu e estão sendo muito úteis para meu trabalho:

Conheça a biografia dos trabalhos já realizados

Estude, se aprofunde, entenda a realidade e a história dos artistas que produziram obras que te inspiram. Pesquise diferentes áreas que te instigam e temas que possam ressoar em você. Observe o que te chama atenção. Acompanhe a evolução dos trabalhos realizados por este artista. Compartilhe seu trabalho, anote, siga seus posts no instagram, leia sua obra.

Encontre as referências que vieram antes de você, quem são os mentores dos artistas que te inspiram?

Aprenda as regras e técnicas

Conheça as regras e processos que são utilizados na área que você quer atuar. Isto ajuda muito entender a história deste campo criativo e também compreender o que está acontecendo atualmente no mercado, para que depois quando você estiver desenvolvendo sua autonomia consiga contextualizar seu trabalho.

Sabendo o que foi realizado no passado e o que estão fazendo atualmente você irá perceber se sua produção artística é algo único ou ainda as referências do passado estão ainda bem marcadas em seu trabalho.

Como estudo não tem problema copiar estilos, referências, afinal é preciso aprender o básico, técnicas tradicionais, regras e processos para que depois você comece a desenvolver sua forma exclusiva de se comunicar.

Quebre as regras

Dedique tempo e experimente técnicas diferentes de trabalho, brinque com materiais diferentes, experimente usar ferramentas não convencionais, ou o que nunca usou antes. Por exemplo escrever uma poesia só com materiais que você encontrar na natureza, ou usar suco de uva para escrever um texto, ou tentar fazer um vestido apenas com produtos encontrados nas prateleiras de um supermercado.

Permita-se espaço para poder ousar e trabalhar com coisas que nunca trabalhou. Sem pressão ou medo de falhar e se frustrar.

É preciso fazer muita coisa ruim até conseguir fazer uma coisa interessante. E em algum momento entre uma experimentação e outra você poderá descobrir algo novo. E assim encontrar materiais e formas que se sente mais confortável trabalhando, vai encontrando seu jeito único de expressão.

Determine suas particularidades

Diferencie-se, encontre seu jeito único de trabalhar, isto vai te ajudar a ser reconhecido por uma determinada singularidade, por exemplo um escritor o Dr Seuss que sempre escreveu livros de 30 a 120 palavras. Isto deu a seus livros um vocabulário único que as pessoas amaram e reconheceram.

Muitos de nossos artistas, ilustradores, escritores, cineastas preferidos trabalham com técnicas e estilos exclusivos. E são estas particularidades que irão fazer com que as pessoas possam reconheçam seu trabalho.

Encontre sua voz

PRODUÇÃO DE CONTEUDO DIGITAL

 

É muito importante se conhecer e entender o que te faz único como um ser humano. O que te deixa muito irritado? O que você ama? O que incendeia sua mente? O que está por trás de todas as máscaras que a sociedade te impõe? Quem é você sem a pressão que a sociedade e a família exercem ? Quais são os segredos e partes mais obscuras de seu passado?

Nossas obsessões, inseguranças, e o que percebemos como coisas ruins ou nocivas são muitas vezes sentimentos universais e humanos.

Escreva sua história pessoal e através disso você poderá encontrar temas que te inspiram e que talvez possa explorar e usar em seu trabalho. É possível fazer conexões com seu público através de suas experiências e emoções únicas, através de seu olhar. E mesmo se você utilizar técnicas tradicionais, se tem um conteúdo exclusivo e pessoal sua obra irá se destacar

Tenha um diário de ideias

Escreva em um diário coisas que você já aprendeu, coisas que você quer aprender e coisas que deseja falar. Mantendo um diário de ideias você notará quais os temas e áreas que normalmente te interessam, entender os processos criativos que são importantes para você.

Isto poderá ajudá-lo a articular o que te inspira e entender quais são suas motivações e intenções. Encontrará seus padrões de comportamento e ficará mais consciente de suas forças e fraquezas. Tudo isto irá colaborar com o entendimento sobre o que você quer mostrar através de seu trabalho e perceber como quer continuar atuando.

Portanto escrever em um diário é uma ótima ferramenta de desenvolvimento e descoberta pessoal.

Meu trabalho é ajudar pessoas e organizações a fortalecerem sua identidade, comunicar de forma única e exclusiva sua contribuição para o mundo. Se gostou deste texto clique no coração para outras pessoas também possam ler e se informar.

Quer conhecer melhor o meu trabalho? Conheça meus serviços