Primeira edição do Curso Florescer

Nos dias 23, 24 e 25 de janeiro, realizamos o primeiro curso do projeto Caminhada, Reflexão e Arte, o Florescer.

Durante um final de semana aproveitando o friozinho de Campos do Jordão, fizemos uma atividade bem diferente do que estamos acostumadas no dia a dia.

Olhar pra dentro de nós mesmas é um exercício fundamental, mas com a correria do dia a dia e todos os compromissos com o trabalho e com a família, fica bem difícil praticá-lo sempre. Por isso, o curso Florescer nasceu como uma alternativa para você refletir quais são as suas atitudes que fazem parte daquilo que você acredita e quais são apenas reações do cotidiano. Trabalhar o autoconhecimento é o nosso principal objetivo nesse encontro.

Ao todo, éramos 12 mulheres, cada uma com idades e trajetórias completamente diferentes. Juntas, refletimos, sentimos, caminhamos, falamos, cantamos, choramos, vibramos, aprendemos e claro, nos divertimos muito.

A viagem até Campos do Jordão, da capital, leva em torno de duas horas e meia. As participantes chegaram no fim da tarde e nós as esperávamos ansiosas para o lanche da tarde.

Após a palestra sobre a Trimembração do Ser, fomos dormir com algo em mente: Como eu expresso meus pensamentos, meus sentimentos e meus movimentos no dia a dia?

O sábado começou cedo com a atividade de consciência corporal. Nela, aprendemos um pouco sobre reflexologia, respiração e principalmente: a ouvir o que o nosso corpo diz.

Em seguida, aprendemos sobre as Fases do Desenvolvimento Humano e fizemos uma autoavaliação.

Como estão os meus relacionamentos? O que temos feito para trabalhar o intelecto? E a saúde física, mental e emocional? Como anda minha vida espiritual? E minha vida profissional? Será que tenho dedicado um tempo ao lazer? - essas foram algumas perguntas que serviram de guia para o exercício sobre a Roda da Vida.

A caminhada em silêncio foi essencial para quem precisava refletir um pouco mais. Nada melhor que observar as imagens e os sons da natureza enquanto dialogamos com o nosso Ser essencial.

Após o descanso, celebramos em companhia de música e dança. Ficamos honradas em receber a presença da saxofonista Marina Brant, que nos proporcionou uma ótima confraternização.

No domingo, estávamos novas de novo.

Trabalhar o autoconhecimento não é uma tarefa fácil, mas necessária se queremos construir melhores relações com o outro e com nós mesmos. Compartilhar nossas ideias, emoções e vontades de forma genuína, aprender a ouvir e ser ouvido, resgatar nossos valores e construir um caminho onde não passemos por cima deles no futuro é o segredo para uma vida em equilíbrio.

Para nós, Luiza e Mirella, esse foi um sonho que nasceu, cresceu e agora se tornou realidade. É exatamente como a sensação de uma mãe que recebe seu filho no colo pela primeira vez: emoção, troca, cuidado e muita responsabilidade. Obrigada a todas que confiaram em nosso potencial.

Se você de identificou e quiser conhecer mais sobre o curso Florescer do projeto Caminhada, Reflexão e Arte, convidamos você para participar da próxima edição do curso Florescer. Mais informações, aqui.