Onde você está depositando suas energias?

pensar-sentir-querer

Há algumas semanas, escrevemos um post com algumas reflexões sobre o nosso Pensar. Lembra que, segundo a Antroposofia  (Antropo (homem) + Sofia (sabedoria) = Estudo do Ser humano), a construção biológica do Ser Humano se dá por meio do Pensar, Sentir e Querer? Bom, hoje trouxemos algumas dicas para facilitar a autoconsciência e o equilíbrio nestes três aspectos.

É fácil perceber que algumas mulheres exercem sua liderança colocando mais energias na esfera do pensar: argumentam de forma brilhante, têm excelentes ideias, fazem discursos, mas… possuem dificuldades em concretizá-los.

Outras, já são mais voltadas para a ação, mas muitas vezes agem com impulsividade e não pensam antes de agir, não avaliam as consequências e acabam atropelando as situações, sem se importar com o que pode acontecer mais tarde.

Existem ainda, aquelas que são puro sentimento, muitas vezes vistas como imaturas, sonhadoras, superficiais ou ingênuas, que geralmente agem de forma explosiva, expressando fortemente seu temperamento quando alguém a cutuca.

Nossos temperamentos pertencem à nossa personalidade, mas, não podemos omitir que influências externas existem. Em nosso dia a dia, onde tempo vale ouro, precisamos ficar muito atentas onde depositamos nossas energias.

Será que estamos reforçando a mulher racional e sem sentimentos? Ou bancando a super heroína cujo nome é agilidade, que resolve tudo e esquece de pensar na consequências de nossos atos?

Será que realmente estamos pensando, sentindo e agindo de maneira consciente, respeitando nossas crenças e valores? Ou será que nos perdemos no meio do caminho?

Pare um pouco, relaxe e pense: onde você está colocando suas energias?

Aqui vão algumas dicas para te ajudar nesse processo!

Faça bom proveito :)

  • O que os fenômenos que nos cercam querem nos dizer?

A energia do Pensar está em nossa capacidade de fazer a observação correta. Quando pensamos de forma saudável, nosso pensamento é lógico, claro, cristalino, retilínio, racional. Nossa memória funciona como um arquivo das fotografias do dia a dia: o sabor dos alimentos, o contemplar de um quadro ou uma paisagem, por exemplo.

  • Quais são as forças que nos movem para esta ou aquela decisão?

A energia de nosso Querer está na decisão ou na conclusão correta a ser tomada. No corpo físico, ele representa os músculos, as mãos, pernas e no deslocamento do ar pela voz. Quando a gente imagina uma reunião em família ou aquele encontro com as amigas, só conseguimos tranformá-los em realidade quando efetivamente nos movemos para fazer acontecer: organizamos tudo, convidamos as pessoas, preparamos o cardápio, ...

  • Quais são os critérios que utilizamos para encaminhar as decisões?

A energia de Sentir está em nossa capacidade de fazer o julgamento correto. No corpo físico, ele é representado pelos nossos pulmões, coração e circulação. O Sentir (coração) faz a ponte entre o pensar (a cabeça) e o querer (os membros). Quando inspiramos, por exemplo, é como se absorvêssemos o mundo. Quando expiramos, nos colocamos no mundo. O sentir está sempre atuando em polaridades, entre simpatia e antipatia. É uma energia volátil.  

  • O que precisa ser feito de concreto?

Tomar consciência desses aspectos é fundamental para nos entendermos como Seres Humanos. Depois disso, precisamos intervir em nossas ações corretamente, para que o nosso propósito fique registrado. Ao trabalharmos o Pensar, o Sentir e o Querer nas relações interpessoais e com nós mesmas, harmonizamos nossa atuação no mundo.

O módulo 1 do curso Florescer é inspirado neste tema. Quer aprender mais como lidar com este Ser inscrível que habita aí dentro de você? Venha fazer parte da nossa próxima turma: Inscrição