Conhecer a si mesma é o primeiro passo para uma vida saudável e produtiva

balanço

Outro dia, batendo um papo em casa, paramos para refletir como seria o perfil das pessoas que acompanham o nosso blog. O Caminhada, Reflexão e Arte é um projeto feito para mulheres e tem o objetivo de encorajá-las a viver uma vida alinhada com os seus valores e suas necessidades pessoais - a gente sabe, entretanto, que com a correria do dia a dia e todas as obrigações com trabalho, família e filhos às vezes não conseguimos nos concentrar em algo tão importante: nós mesmas.

Dessa vez, questionamos sobre o que de fato nós mulheres acreditamos ser uma vida saudável, já que, muitas vezes, a rotina nos engana. Você também passa por isso? Então vai gostar de ler este post!

Encontrar a fórmula mágica da vida saudável é um grande desafio, principalmente porque ela não vem pronta. Além disso, precisamos considerar alguns aspectos que muitas vezes, esquecemos, como por exemplo, aprender a dominar a mente.

Perguntar a si mesma sobre como você encara a vida é um bom começo. Será que você vive o presente ou está apegada a alguma acontecimento do passado? Será que você está sendo rígida demais com uma situação que não precisa? Será que você expressa seus sentimentos de forma clara? Muitas vezes, a gente tenta escapar de respostas que podem nos ajudar muito a encontrar o equilíbrio. Pois é: ninguém disse que seria fácil.

A gente preparou algumas dicas para que o seu processo de autoconhecimento seja mais fluído! Sente-se em algum lugar aconchegante onde ninguém irá te incomodar por apenas alguns instantes e reflita:

Estou vivendo o presente?

O presente é algo que devemos construir diariamente e quanto mais intensamente ele for vivenciado, melhores serão as nossas lembranças. Se você anda meio esquecidinha, dê mais atenção às suas vivências diárias, conheça melhor a si mesma e conviva genuinamente com as pessoas fazem parte de seu cotidiano.

Estou me movimentando?

O movimento é o que impulsiona nossas mudanças, portanto, equilíbrio é movimento. Movimento gera energia. Ter movimento é conseguir transitar entre uma polaridade e outra sem ficarmos paradas em um extremo. A rigidez não nos leva a lugar algum. O exercício é transitar de forma fluída e livre, em busca do balanço entre a agressividade e a paz. Nosso organismo depende das duas polaridades para funcionar, portanto, não existe bom ou ruim. Existe o movimento saudável entre esses dois pólos.

Estou atenta aos meus pensamentos?

Mantenha a atenção no prumo e sempre que perceber que sua mente está divagando, traga-a de volta para o ponto focal. Além disso, a meditação é um ótimo exercício para praticar a atenção seletiva. Ao focar em nossa respiração, acalmamos e nos livramos dos sequestros emocionais provocados pelo stress e pela tensão de nosso cotidiano.

Como expresso meus sentimentos?

Quando não temos mais palavras para nos expressar, podemos utilizar a arte para nos possibilitar uma transformação, um processo que pode nos harmonizar, dar forma onde há pouca estrutura, dissolver o que está rígido, dar clareza onde tudo é vago. A arte nos ajuda a fantasiar quando nossa mente já está endurecida. Dance, pinte, escreva, cante, toque um instrumento. Experimente outras formas para expressar seus sentimentos.

Quer começar a praticar uma vida saudável e não sabe como? A dica mais valiosa pra gente é, na verdade, um convite: venha participar da próxima edição do curso Florescer. Lá, teremos a oportunidade de colocar em prática todas essas orientações!

Inscreva-se 

Te esperamos lá!

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais! 

Assine nossa Newsletter

instagram Block
This is an example. To display your Instagram posts, double-click here to add an account or select an existing connected account. Learn more