Consciência Corporal: equilíbrio interior para um corpo saudável

Consciência Corporal

Como vocês sabem, nosso projeto se baseia em estudos sobre a Antroposofia. Ela nos ajuda a entender que tudo que está relacionado à forma como pensamos, sentimos e agimos é referência para nos autoavaliarmos e refletirmos sobre os padrões que estão por trás de nossos comportamentos.

Na semana passada, contamos para vocês sobre os conteúdos das palestras do Curso Florescer. Essa semana, vamos focar na relação com o corpo, ou seja, na consciência corporal, representada pelo agir, segundo a Antroposofia.

Manter a saúde em dia é um desafio que passamos cotidianamente, não é verdade? Se você é daquelas que olha no espelho e sempre acha que tem alguma coisa errada, seja bem vinda, você não é a única. Mas, que tal abrir a cabeça para encontrar o equilíbrio interior e, quem sabe assim, conquistar um corpo saudável?

Levantamos a bandeira do ame-se por inteiro, por isso, hoje trazemos algumas dicas para você não culpar tanto o espelho e passar a ser feliz com o seu templo sagrado.

Um despertar para a consciência corporal

Olhar com mais atenção para o próprio corpo e perceber o que ele está dizendo é uma ótima forma de você se conscientizar sobre os sinais que ele te dá. Sabe aquela dor nas costas que insiste em aparecer nos momentos mais inapropriados? Para que ela não atrapalhe seus compromissos no dia a dia, sem que você precise  se encher de analgésicos, sugerimos que você se conscientize sobre o que a dor simboliza. Da série #DicasParaFlorescer:

  1. Faça uma caminhada em silêncio durante 40 minutos em um parque ou um jardim e durante este momento, reflita e dialogue com seu corpo. Ouça o que ele está querendo te mostrar e pergunte para si mesma: "Onde estão meus apoios? Como está a minha estrutura corporal? O que tenho feito para manter minha saúde física, mental e emocional? Como está meu caminhar?"

  2. Durante esta caminhada, observe também como está seu respirar. Está ofegante, calmo, relaxado? E o seu ritmo ao andar, está acelerado, desorientado, rígido? Fique atenta a cada um destes sinais e tente fazer um paralelo com as suas relações pessoais e profissionais.

  3. Outra reflexão fundamental: você tem em se dedicado ao lazer?

Quando nos permitimos olhar para nós mesmas, desenvolvemos um diálogo interior e descobrimos o poder que temos sobre nossa vida. Podemos escolher com consciência quais os melhores caminhos devemos seguir, encontramos nossos apoios e estruturamos nosso caminhar. Experimente fazer esta caminhada em silêncio e depois compartilhe aqui suas percepções :) Adoramos esta troca de experiências!

Aproveito o assunto para convidá-las para participar de nossa próxima edição do Curso Florescer , que irá acontecer nos dias 18, 19 e 20 de setembro. Durante o Florescer, nossa primeira atividade do dia é a aula de consciência corporal. Aproveite e inscreva-se!